Olá, mundo!

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

Anúncios

Voz da alma

(Fran von Stuck: Beijo da Esfinge)

 


 


Uma voz…

Que ouço às vezes sem saber

Uma voz…

Que tem o som do bem querer

Uma voz…

Que muda meu destino e que me leva pra você

 

É a voz da alma

Que inunda minha boca

Que transborda os sentimentos

Que me faz te deixar louca

 

Voz emotiva

Que vem em forma de canção

Que não cala e não dá trégua

E canta em coro ao coração

 

Seu som é mudo

Mas ensurdece a qualquer um

Grita forte e entoa alto

Essa canção tão incomum

 

Descompassado

Coração não dá sossego

Pula e pulsa no meu peito

Se arrebenta, eu tenho medo

 

Paixão antiga

Foi o que me deixou assim

Machucado e arrependido

Agora eu vou até o fim

 

Não dá mais

Me perdoa por favor

Corro o mundo, largo tudo

Só não vivo sem você:

Meu amor…


Mário Castro

(as vezes da mesmo essa vontade de correr o mundo….

anda mais qdo "esse mundo" ja atravessou o oceano)

alerta verde


Muitas
coisas nos deixam cegos, não nos deixam enxergar a realidade ou as
possíveis conseqüências de certos atos. Claro que, dentre elas, existem
algumas nobres, beneméritas, mas que nos cegam da mesma forma, como a
paixão, por exemplo. Mas, falo de outro tipo de cegueira, a causada
pela ambição.

Desde
os primeiros passos da humanidade este sentimento corrói e contamina
pessoas, cidades, países, civilizações. Na verdade, o planeta está
cheio dela, que se camufla em outras expressões: como progresso,
crescimento, evolução. É pela ambição que manchamos nosso caráter,
rasgamos os nossos princípios e agimos de forma a tirar proveito
imediato das situações sem pensar nos possíveis danos que podemos
causar aos outros ou a nós mesmos no futuro.

O
que estamos vivendo hoje é fruto de anos e anos de ambição. E é
terrível imaginar que submeteremos nossos próprios filhos às
conseqüências desastrosas de nossos atos. Creio que mesmo nos
primórdios do processo de crescimento evolutivo alguém já pensava que
esse crescimento poderia ser sustentável ou poderia coexistir com a
natureza. Mas outros não se importavam com isso, pois estavam cegos. E
suas gerações continuam cegas até hoje. Mesmo em tempos de tanta
tecnologia, com tantos óculos e lentes de aumento, alguns continuam sem
ou se negam a enxergar os fatos macromizados por tantos.

Agora,
bem que podíamos usar esse mesmo sentimento para proteger o meio
ambiente – ou quem sabe até aumentemos nossas áreas verdes, já que essa
é a riqueza do futuro – e a humanidade das conseqüências inevitáveis e
irreversíveis desse processo marcado pela ganância e egoísmo. Mas para
essa cegueira não adianta colírio, temos que tirar o óculos escuro e
tratar o problema. Estamos em alerta vermelho. Ou seria alerta verde?


…………..

Caricatura da pré-candidata Marina Silva para o Estadão .Tenho a maior simpatia pela Marina, assim como tinha pelo Lula. São duas forças da natureza.Continuo com essa opinião sobre o Lula, mas me decepcionou muito o seu deslumbramento com o cargo, e tudo o que adveio disso.Marina pode vir a ser o que Lula poderia ter sido?Muito
provavelmente não teremos a chance de vê-la na presidência – não nesta
eleição, em que parece que vivemos o retorno do bipartidarismo.A se confirmar a atual tendência de polarização total, o que seria o seu mandato permanecerá uma incógnita.

ser marcante…..

A arte é a fuga da realidade,
para que voltemos à realidade através do sonho;
ou, segundo Gandhi,
 “A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte”

As mudanças são constantes e inevitáveis em nossas
vidas. Mudamos e notamos mudanças a cada dia: em algo, em alguém. Mas,
as grandes trasnformações, aquelas que envolvem a coletividade ou que
mudam o rumo de nossas vidas abruptamente, são por nós temidas. Temos
medo do novo, temos medo de ousar; temos medo de que nossas vidas saiam
da mesmice cotidiana que nos impomos. Alguns chamam de tradicionalismo,
outros de conservadorismo; são vários os nomes utilizados para
justificar a nossa inércia frente a um mundo super-competitivo e que
temos que acompanhar.

Sabe aquela máxima utilizada sempre: "Brasileiro
deixa tudo pra última hora."? Então, o que explica isso é que nos
colocamos em posição reativa, ou seja, apenas reagimos às situações que
nos são colocadas ou impostas. Deixamos para agir no momento em que
não temos outras opções.

O sucesso, hoje, está diretamente relacionado à
superação de expectativas. Isto em âmbito geral: tanto no profissional
quanto nos relacionamentos e em tudo. Temos que agir proativamente
frente aos desafios e, se possível, anteciparmo-nos ao inevitável ou às
tendências. Pra que resistir e perder tempo se podemos, através de
análise tendencial, nos anteceder e tornar o futuro certo em presente.

O que todos querem de nós é um diferencial. Não
apenas que sejamos diferentes, mas que tenhamos algo que nos diferencie
positivamente em relação ao todo.

Contudo, mais do que nunca – devido a grande inversão
de valores, digamos assim -, a ética, a moral, o comprometimento e a
lealdade são quesitos indispensáveis para quem quer ocupar um grande
cargo e, mais ainda, ser uma grande pessoa.

sentir-se unica


….claro que:-Essa roupa ficou boa – é um otimo elogio antes de
sair…o problema é que tende a parecer uma frase padrao em vez de algo especialmente para mim…
 
…quando ouço:-Voce fica maravilhosa neste
vestido- é como se valorizasse um detalhe…demonstra que notou meu
esforço para parecer linda aos seus olhos…e se lançar:- Seus olhos
ficam mais brilhantes quando usa esta cor……uauuuuu….te darei uma
noite……….tesionante! ….duvidas??? entao tente………